IMA e Ibama realizam soltura de animais silvestres

Entre os animais estavam preguiça, gavião e tartaruga-marinha

Klaus Roger

Oito animais silvestres foram soltos, na manhã desta sexta-feira (17), em uma ação realizada pelo Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA-AL) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Os animais haviam sido apreendidos e estavam em observação no Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS).

A soltura é monitorada pelos órgãos ambientais e foi realizada em Área de Proteção Ambiental para evitar a recaptura por caçadores. Além disso, foram escolhidos locais com incidências da espécie para garantir adaptação e reprodução.

Os animais silvestres consistiam em dois carcarás, uma preguiça, um gavião, duas jiboias, um pássaro conhecido como sete-cores (Tangara fastuosa) e uma tartaruga-marinha. “Os mamíferos e repteis receberam microchips e os pássaros foram anilhados para identificação em casos de futuros avistamento. Todos estavam em boas condições de soltura”, destacou Ana Cecília Lopes, consultora ambiental e médica veterinária do IMA.

A criação de animais silvestres só é possível por meio de aquisição em Criadouro Comercial devidamente licenciado e legalizado pelo órgão ambiental competente. Estes animais devem estar com marcação individual, (pode ser anilha e/ou microchip), certificado de sexagem (para aves) e Nota Fiscal de venda do animal.

 

68 Total Views 3 Views Today